11.11.05

gitã

Raul Seixas y Paulo Coelho eran amigos y espiritistas y hacían canciones. A Seixas se lo conoce por haber sido el encargado en Latinoamérica de los planes del gran Aleister Crowley. A continuación el comentario del Pr. Ricardo Ribeiro* sobre los versos satánicos de Gitã, una canción de ellos, "que por si só, é a expressão do diabo, falando com Raul Seixas. Uma música repleta de blasfêmias!", dice nuestro nuevo ídolo.

......................................................................................................

"Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando... Foi justamente num sonho Que ele me falou..." (Observe claramente que Raul disse que procurou tal revelação de diversas formas, até que o deminio se apresentou a ele em sonhos, com as declarações abaixo)

Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado -Nem a pessoa oprimida vê ou ouve o demônio que a oprime-
Não falo de amor quase nada -O diabo nao pode amar-
Nem fico sorrindo ao teu lado -O diabo não pode sorrir-
Você pensa em mim toda hora -Satanás acusa Raul Seixas de seus pensamentos pecaminosos-
Me come me cospe e me deixa -...e ainda diz que Raul Seixas vive na dependência dele-
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar -Aqui começam as declarações-

-Antes de partir para a continuação da música, quero dizer que Deus é o grande "Eu Sou", Javé, e não divide sua glória com ninguém. Satanás, o mentiroro, diz diversas vezes abaixo, que é "eu sou", em variadas formas:-

Eu sou a luz das estrelas -como caíste do céu, estrela da manhã: Lúcifer-
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida -pois o mundo jaz no Maligno-
Eu sou o medo de amar -pois o Deus é amor-
Eu sou o medo do fraco -pois quando estamos fracos, aí sim estamos fortes-
A força da imaginação -o mestre na ilusão-
O blefe do jogador -o pai da mentira-
Eu sou, eu fui, eu vou -mentira: JESUS era, é e sempre será-
Eu sou o seu sacrifício -sacrifício de tolo, o pecado-
A placa de contramão -ser cristão é remar contra a maré-
O sangue no olhar do vampiro -satanás ridiculariza o sangue-
E as juras de maldição -maldito, amaldiçoador-
Eu sou a vela que acende -idolatria-
Eu sou a luz que se apaga -trevas-
Eu sou a beira do abismo -caminho para o inferno-
Eu sou o tudo e o nada -o diabo não é NADA-

Por que você me pergunta? Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra, do fogo, da água e do ar -os 4 elementos básicos do Espiritismo-
Você me tem todo dia -o diabo anda ao nosso derredor-
Mas não sabe se é bom ou ruim -o incrédulo não sabe discernir-
Mas saiba que eu estou em você -aqui ele diz para Raul Seixas que estava possuindo seu corpo-
Mas você não está em mim

Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador -Somos pescadores de almas, e não de espíritos imundos-
A letra "A" tem meu nome -di'A'bo-
Dos sonhos eu sou o amor -só nos sonhos satanás consegue amar. Muitos sonham em acreditar nas promessas do Maligno-
Eu sou a dona de casa
Nos pegue-pagues do mundo -as lutas do dia a dia-
Eu sou a mão do carrasco -crueldade, os carrascos crucificaram Jesus-
Sou raso, largo, profundo
Eu sou a mosca da sopa
E o dente do tubarão
Eu sou os olhos do cego -O cego espiritualmente, encherga apenas o que o diabo o permite ver, pois está condicionado-
E a cegueira da visão -Aqui ele cega o entendimento do incrédulo, conforme a Bíblia diz-
Mas eu sou o amargo da língua -Mas Jesus é doce-
A mãe, o pai e o avô
O filho que ainda não veio -O anticristo-
O ínicio, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio -Observe que no final da musica ele repete varias vezes que é o inicio, o fim e o meio. Engana-se, apenas Jesus é o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim de todas as coisas-

* Teólogo, fundador do Ministério Apostólico Atos Dois, tem viajado por todo o Brasil orientando pastores, líderes, igrejas e ministérios através dos seminários bíblicos e conferências proféticas. Tem pregado a palavra de Deus em diversas igrejas e denominações, impactando-as com o poder transformador do evangelho de Cristo.

5 comentarios:

reinita neurotica dijo...

Raúl era un capo, un loco y escuchar sus discos en vivo es toda una experiencia, sobre todo cuando él habla. Era la mezcla del nordestino ignorante y un artista genial que cantaba en un inglés perfecto, a diferencia de Paulo Coelho que es un mediocre con la cualidad de haber visto lo que el mercado precisaba, con sus palabras ambiguas y siempre iguales...

Anónimo dijo...

Acho este texto um absurdo. Um ataque ao ser humano, qurendo nos obrigar a acreditar que esta letra fala do diabo! pelo amor de deus! que ridiculo.... se quem escreveu isto não tem poesia na alma nao vai entender mesmo... a letra é belissima... marcante. Ouve quem quer. quem nao quer ... cala a boca. o cara é genial.

Carlos dijo...

Anônimo você é um CEGO, desprovido de entendimento.

Para um conhecedor da Bíblia e das coisas espirituais que nos cercam é demasiadamente claro que as letras tem duplicidade de sentido, servem para fazer tolos como você dedicar admiração a um homem que teve apenas um intuito na vida, servir aos interesses do Diabo.

caiodevita dijo...

Carlos, já ouviu falar em "signos" "significados" e "significantes"???

pra mim pouco importa se ele tinha pacto com o demonio ou o caralho a4, vai de cada um, depende do que a pessoa quer entender na música...apesar de eu achar q ele faz umas brincadeiras mesmo como na sociedade alternativa tem várias mensagens subliminares, quando ele fala "o numero é 666 e seu nome é aLeyster crowley" mas pra mim as músicas são muito bonitas, e depende do ponto de vista, vc n pode afirmar que é isso mesmo que está escrito ai...poded ser q ele esteja falando de Deus, pq não??? ou podee falar de um anarquista....(oq é oq eu acho mais provavel)....

Anónimo dijo...

Raul um artista completo

colocava de tudo nas suas letras sem medo de ser feliz

e deixava a creteri de cada um para entender com quizessem rsrrs

A letra A tem meu nomepode ser 'A'mor pode ser R'A'ul